8.11.08

Libertação



Quando somos atingidos por um bastão ou pedra, isso machuca; quando alguém nos chama de ladrão ou mentiroso, ficamos com raiva. Por que isso?
Porque sentimos grande estima e apego ao que achamos que é o "eu", e pensamos: "Eu estou sendo atacado". Apego ao eu é o obstáculo verdadeiro para a realização da liberação e iluminação.
O que chamamos de criadores de obstáculos ou influências malignas -- como fantasmas, deuses e tudo mais -- não são entidades verdadeiramente fora de nós. O problema vem de dentro.
É devido à nossa fixação no eu que pensamos: "Sou tão infeliz; não tenho nada para comer; não tenho roupas; muitos estão contra mim; não tenho amigos".
São pensamentos como estes que nos mantém tão ocupados; e todos são tão inúteis! Essa é a razão por não estarmos no caminho da liberação e do Estado de Buda.

Dilgo Khyentse Rinpoche