8.4.09

Seja feliz e encontre-se. Ame-se e evolua.


Religiosidade -OM MANI PADME HUM
(o mantra da Compaixão)

Qual a oração (mantra, reza, prece) é mais conhecida e proferida em todo o mundo?
Os cristãos, certamente dirão que é o “Pai Nosso”.
Devotos de outras religiões dirão que é a “sua” oração luminar...
Mas, a verdade é que esta simples frase: OM MANI PADME HUM é a mais proferida e conhecida. É tida como uma das mais poderosas e abrangentes dentre muitas.

É também uma das mais belas e de maior conteúdo. Mais de dois bilhões de pessoas a proferem diariamente, por vezes, durante todo o dia, pois a sua repetição contínua produz efeitos extraordinários tanto em quem a profere quanto nos que o cercam.OM MANI PADME HUM (o mantra da Compaixão), conhecido também como “Mani Mantra”, é a composição de seis sílabas que pode ter a seguinte tradução:

Recebemos a Jóia da consciência no coração do Lótus (O Lótus é o Chakra) e que pode significar: Recebemos a jóia da consciência divina, no centro do nosso Chakra da coroa (Sahasrara – Lótus de mil pétalas). A pronúncia é: OM MÃNI PADME RUM RRIIII.

Interessante se notar que mesmo sendo criado na Índia foi adotado pelo Budismo, religião criada no Nepal, posteriormente levado para o Tibete e passou a ser seu principal mantra. Mas nem só os budistas o proferem diariamente; seguidores de muitas outras correntes religiosas de todo o mundo, fazem uso do seu poder e o incorporaram aos seus ritos.



A maioria das seitas e escolas de sabedoria esotéricas praticam diariamente este ritual de repetição contínua.Mas, porque uma frase tão simples tem tanto poder, significado e adeptos? A razão é que os sons emitidos quando da sua recitação ativam centros energéticos dentro de cada um de nós (Chakras) e os fazem girar em altíssima velocidade, produzindo uma enorme quantidade de energia curadora e amplificadora que nos permite realizar curas em nós e nos outros e também ativam aminoácidos contidos em nosso DNA (ADN – Ácido Desoxirribonucleico), molécula orgânica que contém a "informação" que coordena o desenvolvimento e funcionamento de todos os organismos vivos.

Darei aqui alguns significados de cada sílaba.
Uma primeira visão deste mantra exprime o significado a seguir:

OM - fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino dos deuses. O sofrimento do reino dos deuses surge da previsão da própria queda do reino dos deuses (isto é, de morrerem e renascerem em reinos inferiores). Este sofrimento vem do orgulho;

MA - fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino dos deuses guerreiros (do sânscrito: asuras). O sofrimento dos asuras é a briga constante. Este sofrimento vem da inveja;

NI - fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino humano. O sofrimento dos humanos é o nascimento, a doença, a velhice e a morte. Este sofrimento vem do desejo;

PAD - fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino animal. O sofrimento dos animais é o da estupidez, da rapina de um sobre o outro, de ser morto pelos homens para obterem carne, peles, etc. e de ser morto pelas feras por dever. Este sofrimento vem da ignorância;

ME - fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino dos fantasmas famintos (do sânscrito: pretas). O sofrimento dos fantasmas famintos é o da fome e o da sede. Este sofrimento vem da ganância;

HUM - fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino do inferno. O sofrimento dos infernos é o calor e o frio. Este sofrimento vem da raiva ou ódio.

Conta-se que há milênios um monge de nome Avalokitesvara, ao atingir a iluminação, alcançou tão elevado grau de espiritualidade, como se tivesse subido a mais alta montanha. Destas alturas, estava para partir a planos existenciais ainda mais elevados, e distantes da terra, quando ouviu um gemido que vinha do inconsciente coletivo da humanidade.

O lamento por sua partida. Seu coração encheu-se de compaixão e Avalokitesvara prometeu ficar neste planeta trabalhando e servindo para evolução da humanidade. Este juramento é feito por todos os Mestres que servem a Luz da Grande Fraternidade Branca Universal.

Eles deixam de seguir as sua evolução em planos superiores, para servir a Luz de seus irmãos ainda encarnados.
Ao recitarmos este mantra, estamos penetrando a mesma roda metafísica que os Mestres Ascensos e não Ascensos da Grande Fraternidade Branca Universalque estão constantemente empurrando - a Roda da Evolução Espiritual da humanidade.

Como disse acima, sua origem se deu na Índia e de lá foi para o Tibete. Os tibetanos não conseguiram entoá-lo da mesma forma, mudando sua pronuncia para: OM MANI PEME HUNG.Qualquer pessoa pode entoá-lo. Estando feliz ou triste, ao o entoar uma espontânea devoção surgirá em nossa mente e o grande caminho será fortemente realizado.



O mantra OM MANI PADME HUM, é fácil de pronunciar e poderoso, pois contém a essência de todo o ensinamento. De acordo com Dalai Lama, o propósito de recitar este mantra é transformar o corpo impuro de suas palavras e mente, no puro e louvado corpo, palavra e mente de um Buda.

O som de cada silaba é visto como tendo uma forma paralela espiritual. Fazer o som de cada silaba portanto, é alinhar a si mesmo com aquela qualidade espiritual particular e para se identificar com isto.A seguir darei mais alguns significados atribuídos a cada uma das seis sílabas:
OM - A primeira silaba, recitá-la o abençoa para atingir a perfeição na pratica da generosidade;
MA - Ajuda a aperfeiçoar a pratica da ética pura;
NI - Ajuda a atingir a perfeição na pratica da tolerância e paciência;
PAD - Ajuda a conquistar a perfeição na pratica da perseverança;
ME - Ajuda a conquistar a perfeição na pratica da concentração;
HUM - Ajuda na conquista da perfeição na pratica da sabedoria.

Cada uma das seis silabas elimina um dos venenos da consciência humana:
OM - Dissolve o orgulho;
MA - Liberta do ciúme e da luxuria;
NI - Consome a paixão e os desejos;
PAD - Elimina a estupidez e danos;
ME - Liberta da pobreza e possessividade;
HUM - Consome a agressão e o ódio.

Cada uma das seis silabas sagradas do mantra OM MANI PADME HUM retêm um efeito purificador genuíno:
OM - Purifica o corpo;
MA - Purifica a palavra;
NI - Purifica a mente;
PAD - Purifica as emoções;
ME - Purifica as condições latentes;
HUM - Purifica o véu que encobre o conhecimento.

Muito mais pode ser dito sobre este mantra e futuramente o farei. Agora que alguma luz se fez notar nestas plagas ocidentais, aproveite as bênçãos dessa “oração” e a recite com a mente vazia e o coração cheio de amor e compaixão por si mesmo(a) e por tudo que o(a) cerca.